profissão mãe

De todas os cargos do mundo, só existe um que é insubstituível: ser mãe. Para a profissão mãe, não existe demissão, férias e décimo terceiro. Também não temos direito a FGTS. Acumulamos diferentes funções: somos também psicólogas, professoras de diferentes matérias, enfermeiras, médicas, dentistas, atrizes, contadoras de histórias e improvisamos outras profissões de acordo com a necessidade do momento.

Ser mãe exige muito controle emocional, especialmente paciência e habilidades específicas de como lidar com vários fatores ao mesmo tempo: desordem, birras, gripes, otites, bronquites, amigdalites e todas elas ao mesmo tempo. Somos especialistas em gestão do tempo e conciliamos escola, tarefas, casa, marido, cachorro, gato, comida, atividades extras e muitas vezes até o nosso próprio trabalho. Abdicamos de momentos só nossos. Trocamos roupas novas por fraldas, unhas feitas por alguns minutos a mais com nossos filhos. E tudo isso sem perceber, sem fazer esforços, sem jamais pensar em desistir.

Nossa motivação vem do dia-a-dia, de uma frase que não esperávamos escutar, de um passinho novo, um andar desequilibrado. Nos motivamos com sorrisos banguelas e com abraços e beijos antes de dormir. Temos disposição para aprender as mais difíceis equações e física passou a ser bem mais fácil do que na época do nosso colégio, tudo isso para ensinarmos aos nossos filhos. Aprendemos a contar histórias e ver como a escola pode ser divertida.

Ficamos doidas em períodos de férias, tentamos nos virar do avesso para conciliar todas as tarefas e ainda ter pique para as atividades extras dos pequenos cheios de energia. Por mais cansadas que possamos estar, fazemos questão de acompanhar de perto cada atividade. Sim, a profissão mãe é a que tem maior acúmulo de horas extras no mundo.

E o pagamento? Posso dizer que o pagamento é com a melhor remuneração do mundo. Recebemos abraços apertados e amor incondicional. Temos a oportunidade de gerar, educar e ver crescer uma vida por completo. Temos sorrisos espontâneos e corridas em disparada quando nos vêem de longe. Temos frases inesperadas. Temos a casa sempre cheia. De longe, o trabalho mais cansativo que alguém poderia ter, mas também com benefícios que nenhum dinheiro no mundo pode pagar. Principalmente, temos sempre o coração repleto de amor.

Liz é publicitária, empresária e mãe da Maria Eduarda. Ama blog, decoração, viagens, reciclagem e festas. Apaixonada pelo marido e pelo Johnny Boy, o baby de 4 patas.